terça-feira, 6 de maio de 2008

Se eu pudesse

















Ah! se eu pudesse
segurar a mão,
de todas as crianças do mundo.
Dar o brilho às suas almas
doces e cristalinas.
Não faria distinção,
Da raça!
da cor!
da pobreza e da riqueza!
Enxugaria as suas lágrimas,
aliviando os seus fardos diários,
trocaria as cores sombrias
pela cor do amor
que cintilariam,
sempre em seus corações,
e os seus rostos, tristes, sorririam.
Salvaríamos o olhar das crianças
ainda não estragadas,
pela educação repressiva
e conseguiríamos docemente
viver, sentir, e amar...
Partilharíamos a plena felicidade.
Sem sermos assassinos
da sua pureza natural.


singularidade

3 comentários:

Parapeito disse...

Muito bonito o que escreveste.
Que bom seria se todos pudessemos dar as maõs...as crianças deste mundo****

Nuno disse...

Não tenho dúvidas que ao Partilhares a plena felicidade de sua pureza natural que as crianças agredeciam teu doce momento.


Gostei :)
bjinhos

Acordomar disse...

que lindoooooo
e fiquei mto contente por estares pertinho de mim ... ;))

Gostei do blog, ta muito lindo

beijocas da sereia***